O que fazer se você teve redução de salário e tem que declarar o imposto?

Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o auxílio emergencial. (Imagem: Ilustrativa)

Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o (BEm) Benefício Emergencial, programa pago pelo governo federal meio do Banco do Brasil a trabalhadores que tiveram reduções de jornada e salário ou suspensão de contrato no ano passado, via Lei nº 14.020.

De acordo ao Ministério da Economia, 9,8 milhões de trabalhadores de 1,4 milhão de empresas tiveram o contrato suspenso ou a jornada e o salário reduzidos no ano passado. A medida foi adotada no ano passado para evitar demissões durante a pandemia de covid-19.

Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o auxílio emergencial. (Imagem: Ilustrativa)
Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o auxílio emergencial. (Imagem: Ilustrativa)

Você precisa devolver o Auxílio Emergencial. Entenda por quê

7 formas de ganhar dinheiro na internet

O QUE DIZ A RECEITA?

De acordo com a Receita, o valor fornecido pelo governo será considerado rendimento tributável e, portanto, declarado na janela de Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica.

Segundo a Receita Federal, o número “foi criado especificamente para a declaração do benefício” como “nome da fonte pagadora” o contribuinte deve informar “Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda”.

A Receita diz ainda que, para saber quais valores foram pagos como benefício emergencial ou ajuda compensatória, o contribuinte deve acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas virtuais para celulares e tablets, ou consultar a sua fonte pagadora (empregadora). Os Valores estarão na aba benefícios, da Carteira de Trabalho Digital.

Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o auxílio emergencial. (Imagem: Ilustrativa)
Foi dada a largada para a entrega da declaração do imposto de renda. A Receita Federal divulgou como deverá ser declarado o auxílio emergencial. (Imagem: Ilustrativa)

Está com medo de abrir o seu negócio? Então você precisa ler isso

Os Melhores negócios para investir em 2021

Diferentemente do Bem, uma eventual ajuda compensatória paga diretamente pela empresa como complemento salarial no período da redução é considerada isenta, portanto, será declarada em rendimentos isentos e não tributáveis.

O empregado não é obrigado a apresentar esse comprovante de rendimentos específico, mas pode acessar os valores e fornecer ao empregado, diz a Receita.

Fonte: Estadão.

Conheça a Abrir Empresa, e siga as nossas redes sociais Instagram, Facebook, Linkedin, Youtube.

Veja também

Quer ser um profissional de sucesso? Veja essas dicas

Alvará e Licenciamento

Alvarás, inscrições e licenças são algumas das obrigações que o empreendedor deve cumprir para abrir um comércio. Embora boa parte da documentação seja comum a outras empresas, há

Leia Mais »

Abra sua empresa agora mesmo!